Resultados para “Usuario: luiz"

Este buscador realiza búsquedas sobre el texto íntegro de los Artículos, Poblamientos, Imágenes y Archivo de conocimientos, así como sobre los comentarios a los Artículos y Poblamientos.

Buscador Global

Tipo de búsqueda
No literal (todas las palabras en cualquier orden) · Sólo en el título

Buscar en:
Biblioteca · Poblamientos · Archivo de Conocimientos · Imágenes · Comentarios

Si no marcas ningún área, buscará en todas (excepto en comentarios).


Comentarios

Tijera Pulsa este icono si opinas que la información está fuera de lugar, no tiene rigor o es de nulo interés.
Tu único clic no la borarrá, pero contribuirá a que la sabiduría del grupo pueda funcionar correctamente.


  1. #1 luiz 13 de abr. 2006

    Biblioteca: Presentan el documento en gallego más antiguo

    Em primeiro lugar, o primeiro texto "galego" não existe como tal, pois é errado chamar assim um texto sem escolher antes o critério.Se o critério é pela língua usada então são textos anteriores a "Notícia de Torto", ou a cantiga "ora faz ost´o senhor de Navarra" e vários outros. O primeiro documento conhecido parece ser o de 1173 encontrado pelo professor Souto Cabo (Pacto de Gomes Pais e Ramiro Pais). O problema para mim é que os do ILG parecem pretender transladar os actuais limites da C. Autonoma Galega para a Idade Média. Assim é impossível. O primeiro texto "galego" terá que ser quando existe "Galiza" como entidade unitária. Quando é isso? Com os suevos? Então o primeiro texto galego é em latim. Quando é isso, será com a primeira denominação de Reino da Galiza? Então os primeiros textos galegos datariam de 1095- +-1108 em dona Tareija (Taressia) assinava como "regina"da Galiza. TAmbém estes textos estariam escritos em latim. Pouco científico será sempre tentar "amoldar" o passado para que possa coincidir com os preconceitos ideológicos e interesses políticos dos investigadores actuais. A Comunidade Autonoma Galega tem só 25 anos. As fronteiras actuais (da parte da Galiza) com Portugal foram modificadas por última vez em +-1856. Para Leste em 1833. A apresentação do tal "Foro de Alhariz" como "primeiro texto galego", em princípio a priori para mim, não passa de uma vergonha para a ciência linguística. Ou se escolhe a "nacionalidade" do texto (portanto seria um texto latino) ou a língua em que foi escrita (portanto galego-português, o 1º escrito fala de um pacto entre irmãos no Minho que actualmente é português).Não deixa de ser um sintoma que o primeiro texto que nos querem vender como "galego" seja ambiguo com respeito ao uso "nn" e "ll" e que seja um foro do rei de leão. Antes diziam que o primeiro texto "galego" era o da Crónica Geral de Castela(XIV, uma tradução doutro castelhano)mas agora já encontraram outro mais antigo que possa ajudar a justificar o seu separatismo linguístico. O caso para mim é este: Procuram desde o ILG como seja alicerçar a separação da língua o mais antigamente possível, unicamente para defender as suas teses e postos de trabalho.

  2. Hay 1 comentarios.
    1

Volver arriba